the hands show the way of the heart

Amar

| On
May 04, 2018




Amar!
A-Mar.

Que até parece que diz: "Vamos todos ao Mar". Vamos todos atravessar as águas!

E na água não há limite. Não há pé. Não há tábua de salvação para nos agarrarmos. 

Pode-se tudo! Não se pode nada. (Não se pode mesmo nada.) 

Prefiro que não me falem sobre regras quando me falam de amor.


Sobre razões!

Sobre apego ou desapego. 

Sobre Dever. 

Sobre Precisar de Ser de uma determinada forma ou feitio. 

Eu acredito que se ama ou não se ama. Ou estamos prontos para entrar no mar alto ou não. 

E quando entramos no mar alto, é certo que temos de estar prontos para perder tudo.

Mas então aprendemos que os significados das palavras também são construídos por milhões de anos. Por milhões de histórias. Pela família, pela tradição, pela internet.

Que perder tudo afinal pode ser Ganhar Tudo. Ficar vazio, pode ser ficar cheio…

Amar é tudo o que quisermos que isso seja! 

Eu constrúo o significado das palavras que uso. 
Hoje, é esta a minha oração. 

---


Partilhei este texto há algum tempo atrás.

Eu e o Bruno atravessámos muitos mares e muitas marés para estarmos aqui, no lugar onde estamos.

5 anos depois de começarmos, continuamos a por muita coisa em causa sempre que há conflitos de partir pedra. Continuamos a questionar o que sentimos quando outras coisas nos apaixonam ou quando estamos cansados e sem esperança no nosso caminho juntos.

Não é ideal. Não é perfeito.
Mas é um dia de cada vez. Vivido com consciência e presença.
E sim, isso é muito bonito!

//


To love (In portuguese we say AMAR and if we separate the first letter "A" from "mar" we have a different meaning. "Mar" means sea!)

It seems like we are saying "Lets all go to the sea".

Lets all cross the waters.

In the water there's no boundaries. We can't touch the ground. There's no escape board that we can hang to.

We can everything. We can't nothing. (nothing at all).

I rather not to listen to rules when we talk about love.

Or reasons!

About attachement or detachment.

About duty.

About Needing to Be someway.

I believe that we love or we don't love. We are ready to get in the ocean or we are not.

And when we are at the deep ocean is certain that we must be ready to loose everything.

There we learn that the meaning of words are also defined by millions of years. Millions of stories. By family, tradition and also the internet.

Loosing everything can be earning everything. To be empty can be to be full...

Love is everything we want it to be!

I build the meaning of the words I use.
Today this is my prayer.

---


I shared this text a while ago.

Me and Bruno went through many seas and ties to be here where we are now.

5 years after we started we still put everything in check every time we have a hard conflict. We still question what we feel when other things catch our eye or when we are tired and hopeless about our path together.

It's not ideal. It's not perfect.
But is one day after another. Lived with consciousness and presence.
And Yes, that is very beautiful!
1 comment on "Amar"

EMOTICON
Klik the button below to show emoticons and the its code
Hide Emoticon
Show Emoticon
:D
 
:)
 
:h
 
:a
 
:e
 
:f
 
:p
 
:v
 
:i
 
:j
 
:k
 
:(
 
:c
 
:n
 
:z
 
:g
 
:q
 
:r
 
:s
:t
 
:o
 
:x
 
:w
 
:m
 
:y
 
:b
 
:1
 
:2
 
:3
 
:4
 
:5
:6
 
:7
 
:8
 
:9